FOLHA DE PARINTINS Jornalismo Livre, Presente e Atuante

Eduarda Müller

Modelo, digital influencer e... mãe coruja. Aos 23 anos, Eduarda Müller se define uma mulher guerreira, ...

Nas melhoras baladas

Arlindo Junior lança novo álbum O Boi Dá Samba, nesta quarta-feira (19) em Manaus

CASA DO POVO

Na última terça-feira (07), os professores da rede estadual foram à Câmara Municipal de Parintins pedir apoio ao Poder Legislativo e, na sessão, foi aprovada por unanimidade uma audiência pública para tratar sobre os problemas da educação no âmbito municipal, estadual e nacional. A audiência terá como finalidade, ainda, as reivindicações dos profissionais do magistério que cobram o reajuste salarial e outras pautas reivindicadas. A data para a audiência será definida pela Mesa Diretora do Poder Legislativo.

REIVINDICAÇÕES

Entre as reivindicações, osprofissionais exigem, além do reajuste salarial de 15%, a revisão de auxílio localidade, congelado há três décadas no valor de R$ 30,00, benefício concedido aos servidores do interior do Amazonas; revisão do auxílio alimentação por turno e melhorias na infraestrutura das escolas, na merenda e segurança.

AS PROMESSAS DE CAMPANHA

O vereador Gelson Moraes (PSD) criticou os candidatos, que em época de campanha, que discursam em favor da saúde e educação, mas, ao assumirem os cargos, deixam de lado as promessas de campanha. “Hoje, o resultado é o que nós estamos vendo aqui, os professores, que são incansáveis, que estão deixando a sala de aula, que estão deixando suas famílias, suas residências para ir para rua”, pontuou o vereador.  


DEMOROU, MAS CHEGOU!

Depois de mais de três semanas em greve por reajuste salarial, os professores da rede estadual de ensino receberam apoio de alguns vereadores de Parintins que decidiram se manifestar em favor da luta dos profissionais. Os vereadores Gelson Moraes (PSD), Cabo Linhares (Patriota), Vanessa Gonçalves (PROS), Tião Teixeira (PTB) e Nêga Alencar (PSD) manifestaram apoio às reivindicações da classe.  


PAI D’ÉGUA

Mesmo se recuperando de um câncer, desde novembro de 2016, o “Pop da Selva”, Arlindo Jr, lançará seu mais novo projeto intitulado “O boi dá samba”. Uma releitura das melhores toadas de Caprichoso e Garantido em forma de samba. A venda dos CDs ajudará a custear o seu tratamento médico feito em São Paulo. Arlindo Jr é um dos artistas mais importantes da cultura amazonense e que mais contribuiu com o ritmo do boi-bumbá, por isso resolveu surpreender os fãs com seu mais novo projeto.

MAIOR PALHA

Alexandre da Carbrás tenta se reencontrar na política, em mais uma corrida eleitoral. Após sair do Partido Social Democrático (PSD) e se filiar ao Avante, o ex-prefeito de Parintins teve mandado de segurança negado pelo Supremo Tribunal de Justiça (STJ), quando tentava suspender acórdão do Tribunal de Contas do Estado (TCE) que julgou irregulares as contas de sua gestão municipal em 2013. Com o entrave, a candidatura de Carbrás a deputado estadual está listada entre as notícias de inelegibilidade, no site do Ministério Público Eleitoral.