FOLHA DE PARINTINS Jornalismo Livre, Presente e Atuante

Joele Oliveira

“Não tenho sonhos, não... (risos) Não gosto de sonhar porque não dá certo”. Realista e objetiva, a estudante ...

Nas melhoras baladas

Festival do Mocambo inicia nesta sexta-feira

ELOGIO EM BOA HORA

O elogio feito ao presidente do Caprichoso, e que criou uma polêmica junto à galera do Garantido, veio em boa hora. Babá tem confidenciado a pessoas próximas preocupação para fechar os trabalhos. O presidente do azul teria postado em um grupo de wattsapp a fala sobre as cotas do Governo e Ambev “...se não sair esses 2 recursos o boi não vai para arena”.

ELOGIO EM PÉSSIMA HORA

Mesmo o Garantido não tendo oficialmente se manifestado sobre a ‘rasgação de seda’ de Sebastião Junior à Babá Tupinambá, a direção do bumbá não gostou nada da postura do levantador, a um mês para o Festival. Sebastião, que teve contrato renovado no primeiro ano do mandato de Adelson Albuquerque, chegou a se desculpar afirmando ter sido mal interpretado.

POINTS PARA O FESTIVAL

Tudo indica que os visitantes que estarão em Parintins durante o Festival 2017 terão de volta a Praça Cristo Redentor e o balneário Cantagalo reestruturados. Ambos, que anos atrás aglomeravam grande público, passam por reforma e deverão estar prontos para o tríduo bovino da ilha. O valor da reforma da praça pago pela Prefeitura supera R$ 1 milhão.

CADÊ O DVD?

A programação oficial do Caprichoso, antes do Festival, deixa de fora uma das maiores apostas do bumbá para a temporada,  o DVD 2017. Na listagem dos eventos que antecedem o Bumbódromo, tem no dia 25, a avant-première, mas em nenhum momento lista a disponibilização do audiovisual para a galera azul.

PAI D’ÉGUA

Ericky Nakanome, presidente do Conselho de Arte do Caprichoso, foi considerado por alguns uma aposta arriscada da nova gestão. Talento despontado da Escola de Artes, fez valer seus conhecimentos, revelou-se um líder no Conselho azul e extraiu o melhor de cada conselheiro, blindando o trabalho das vaidades que há tempos permeavam o ‘cérebro’ artístico do bumbá. Entre as diversas decisões certeiras, está a escolha do artista Ito Teixeira – quase presidente do Garantido – para a direção de arena azul no Festival. Brilhou, reluziu!

MAIOR PALHA

Tony Medeiros parou no tempo. A mesmice cansou o torcedor e o Amo do Boi Garantido transformou a rivalidade folclórica numa caçada pessoal. Os versos agressivos aos oponentes de arena vêm desde Edilson Santana, passando por Edmundo Oran, até Prince do Caprichoso. Ignorou os esforços dos bumbás para cessar as ‘brigas’ entre os defensores do item 6 via regulamento do Festival. O resultado não poderia ser outro: Tony foi derrotado por 6 décimos – maior diferença entre todos os itens em disputa.