FOLHA DE PARINTINS Jornalismo Livre, Presente e Atuante

tablado
23/07/2017 às 14:23 h

Festival de Cirandas de Manacapuru será em setembro

Guerreiros Mura abrirá o Festival de Cirandas de Manacapuru na sexta-feira (1). Foto: Domingos Raposo.
Guerreiros Mura abrirá o Festival de Cirandas de Manacapuru na sexta-feira (1). Foto: Domingos Raposo.

Roger Matos - FOLHA DE PARINTINS

O XXI Festival de Cirandas de Manacapuru (distante 438 km de Parintins) poderá ser realizado de 1 a 3 de setembro. O motivo é a eleição suplementar para o Governo do Amazonas, que determina a realização de possível 2º turno no último domingo de agosto.

O festival volta à fórmula de apresentação e disputa promovida em anos anteriores: três noites, uma para cada ciranda. A ciranda Guerreiros Mura detém o maior número de títulos (10), seguido pela Flor Matizada (6) e Tradicional (2). Somam-se às conquistas o empate em 2010 e o título simbólico das três cirandas em 2016 quando, por falta de recursos, a apresentação foi em noite única e sem disputa, em comum acordo entre as diretorias.

A ordem dos espetáculos do XXI Festival de Cirandas de Manacapuru foi definida por sorteio, realizado no último dia 14 de julho, durante o aniversário de 85 anos do município.

A ciranda Guerreiros Mura abre o festival na sexta-feira (1). Criada em 1993, ostenta as cores vermelho, azul e branco em seu pavilhão. A cirandas do bairro Liberdade busca mais uma conquista, apresentando o tema ‘Amazônia, o Amor e a Bravura de um Guerreiro Cirandeiro’ em 2017.

A ciranda Tradicional, do bairro Terra Preta, fará sua apresentação na noite de sábado (2). Criada em 1985, ostenta as cores vermelho, dourado e branco. O tema da Tradicional neste ano é ‘O início da história foi assim...’.

Criada em 1980, a Flor Matizada ostenta as cores lilás e branco. Para conquistar o título de 2017, a ciranda do Centro apresentará na noite de domingo (3) o tema ‘Luz’.

Para a realização do XXI Festival de Cirandas de Manacapuru, um aporte de R$ 600 mil será liberado pelo Governo do Estado, com ajuda da iniciativa privada.

Nas melhoras baladas