FOLHA DE PARINTINS Jornalismo Livre, Presente e Atuante

foradailha
11/12/2017 às 16:54 h

MAG recebe inscrição de toadas, em Manaus


No sábado (9), último dia de inscrição das toadas, que comporão o CD 2018 do Boi-Bumbá Garantido, o escritório do Movimento Amigos do Garantido (MAG), que estava efetuando as inscrições em Manaus, recebeu inúmeros compositores que foram inscrever suas obras. Em Parintins, as inscrições foram realizadas na Cidade Garantido.

Segundo Welciane Jacintho, vice-presidente do Movimento, o MAG recebeu 97 inscrições.  Ela também explicou que o trabalho foi receber a documentação, que será avaliada pela Comissão, em Parintins. “Estamos muito satisfeitos em poder contribuir com a Associação. Com certeza será um CD maravilhoso”, avaliou.

Izoney Tomé, presidente do Movimento Amigos do Garantido, enfatizou que mais uma vez o MAG se colocou à disposição da Associação, colocando seu escritório e material humano a serviço. “Foi um período de muita expectativa, onde recebemos os compositores com carinho e atenção, orientando sobre as principais dúvidas que surgiram, guardando sigilo sobre os trabalhos e principalmente torcendo para que fossem entregues toadas que ´arrepiassem` os torcedores, como sempre acontece com as toadas do nosso Boi”, disse.

O presidente do Garantido, Fabio Cardoso, destacou que é fundamental a participação do MAG, nesse processo de inscrição, que é o começo de tudo. “Sem a participação do MAG seria muito difícil realizar as inscrições em Manaus. Como representante oficial do Garantido, o Movimento cumpre mais uma vez seu papel, como parceiro e incentivador. Só temos a agradecer a diretoria por nos ajudar e pela dedicação e comprometimento com o nosso boi para que possamos cumprir nossas metas”, ressaltou.


Compositores confiantes

Paulinho DU Sagrado, Rafael Marupiara, Mencius Melo, Robson Júnior, Rafael Lacerda, Náferson Cruz, Maurício Filho foram alguns que entregaram suas toadas, no escritório do MAG,  para concorrer ao CD “Auto da Resistência Cultural”.

Rafael Marupiara, que escreveu nove toadas, disse que está esperançoso, pois tem certeza que realizou um bom trabalho. “Estou confiante no processo”, avaliou.

"Voltei a compor com a expectativa de que será  um processo igualitário, onde vencerão as melhores músicas inscritas", disse Vanderley Alvino, o `Vandex`,  que inscreveu três toadas. 

Maurício Filho, que tem seis toadas inscritas, a expectativa é a melhor possível. Ele disse ainda que espera que todos tenham a mesma chance na seleção. "Ficou combinado em nossa reunião em Parintins, que não haverá discriminação de nenhum colega e, que passarão realmente as melhores toadas, não importando a quantidade de toadas que um determinado compositor venha a ter no CD, se são as melhores, que elas passem", narrou.

Na mesma linha, Náferson Cruz, com sete toadas concorrendo, disse que foram dias exaustivos, mas as toadas obtiveram uma boa qualidade, apesar do curto espaço de tempo. “Estão magníficas e com certeza trarão resultados positivos”, disse.

Com onze toadas participando da seleção, Rafael Lacerda, espera um processo seletivo justo. “Como uma parte da seleção será aberta, nós compositores poderemos acompanhar e a equipe que fará a seleção é composto por  pessoas corretas.  Aguardo um processo democrático”, enfatizou.

Nas melhoras baladas