FOLHA DE PARINTINS Jornalismo Livre, Presente e Atuante

foradailha
10/04/2018 às 20:13 h

Leve Leite volta a beneficiar 2,4 mil famílias em Maués


Em seu segundo ano de operação, o Leve Leite, maior programa social de combate à desnutrição infantil em andamento no interior do Amazonas atualmente, retoma na manhã desta segunda-feira (9), suas atividades em 2018, com a distribuição do leite produzido a partir do beneficiamento de soja, para 2,4 mil famílias carentes do município de Maués (a 253 quilômetros de Manaus).

Criado e mantido desde março do ano passado com recursos da prefeitura da Terra do Guaraná, a principal meta do programa é combater os alarmantes índices de subalimentação, entre crianças de zero a cinco anos, como magreza acentuada (6%) e peso muito abaixo para a idade (10%), indicado pelo relatório do Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional do Ministério da Saúde no ano de 2016.

Durante o último período de férias escolares, o projeto passou por melhorias como a manutenção da “vaca mecânica” (que produz o leite), reforma dos pontos de distribuição e também a aquisição de insumos e equipamentos para os próximos meses.

Além dos benefícios diretos às crianças do município, o consumo do leite de soja pelas famílias de Maués – rico em cálcio, vitaminas D e B12, além de não possuir colesterol e lactose – também já indicou a redução nos casos de diabetes e pressão alta entre idosos, segundo levantamento da rede municipal de saúde no ano passado.

“Entre março e novembro de 2017, o projeto distribuiu 503 mil litros que beneficiaram 14 mil pessoas por mês, em média. Neste período já temos melhorias em indicadores clínicos e sociais, mas os verdadeiros efeitos positivos serão sentidos a longo prazo”, avaliou o prefeito de Maués, Junior Leite.


Com nove pontos de atendimentos aos beneficiários distribuídos nos bairros da cidade, o Leve Leite funciona a partir das 7 horas, às segundas, quartas e sextas-feiras. Além do leite, todas as famílias beneficiadas recebem a visita de equipes sociais e de agentes de saúde que fazem o acompanhamento periódico em cada residência.

Nas melhoras baladas