FOLHA DE PARINTINS Jornalismo Livre, Presente e Atuante

nailha
15/05/2018 às 00:58 h

Bumbás recebem materiais para alegorias


Um carregamento gigantesco chegou à Cidade Garantido nesse  fim de semana trazendo dezenas de toneladas de material para o trabalho dos Artistas de Galpão, rumo ao Festival de Parintins 2018. No sábado (12), só em ferro foram mais de 150 toneladas somando um investimento de R$ 300 mil. No domingo (13), chegaram carregamentos de isopor e outros produtos de acabamento. É o segundo grande lote de material que o Garantido adquire na temporada 2018. O presidente Fabio Cardoso e o diretor administrativo Osório Melo conferiram a chegada dos materiais.

Fábio Cardoso afirmou que o Garantido tem trabalhado forte para a busca de mais um título para Baixa de São José e os investimentos estão sendo feitos para que esse objetivo seja alcançado. "Não temos medido esforços para este Boi que será campão. É um Boi grande e que irá completamente novo para a arena. Estamos trabalhando forte para que o projeto seja concluído com sucesso", ressaltou.

Osório Melo salientou que o presidente Fábio e vice-presidente Messias, com essa aquisição, atendem o pedido de todos os artistas para o bom andamento dos trabalhos em Galpão. Ele informou que partir desta segunda-feira cada um receberá seu kit. "É um Boi gigantesco que vai surpreender muita gente na arena. E hoje o mais importante é a harmonia dentro do Garantido para busca desse título", destacou.


Caprichoso recebe restante da remessa de material para alegorias

O projeto “Sabedoria Popular Uma Revolução Ancestral” segue com os trabalhos a todo o vapor. Na manhã do sábado, 12, o presidente do Caprichoso, Babá Tupinambá e o diretor Comercial, Ronaldo Medeiros acompanharam o desembarque de ferro e do restante do material que integram a construção do espetáculo Azul e Branco.

Para Tupinambá o Caprichoso está preparado para lutar pelo Bicampeonato do Festival. “Não vamos descansar enquanto não resgatarmos o título para o Curral Zeca Xibelão”, disse.


O Caprichoso em 2018 mantém a ousadia, a inovação e se mantém na vanguarda do Festival de Parintins como o pioneiro em defender a Amazônia e apresentar sua sabedoria popular numa tecedura que envolve todas das manifestações populares do Brasil.

Nas melhoras baladas