FOLHA DE PARINTINS Jornalismo Livre, Presente e Atuante

foradailha
18/06/2018 às 12:41 h

Bumbás visitam pacientes da Fundação Hemoam

Foto: Valdo Leão/Secom.
Foto: Valdo Leão/Secom.

Os bumbás Caprichoso e Garantido visitaram, nesta quinta-feira (14/06), pacientes da Fundação Hospitalar de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (Hemoam), órgão vinculado à Secretaria de Estado de Saúde (Susam). A visita faz parte da programação pelo Dia Mundial do Doador de Sangue (14 de junho).

Em Parintins, “Terra dos Bumbás”, a 369 quilômetros de Manaus, as duas agremiações folclóricas também estão engajadas na campanha de doação de sangue "Capriche Doando para Garantir a Vida", uma parceria entre o Governo do Estado, por meio do Hemoam, com a Prefeitura de Parintins e com os Bois Garantido e Caprichoso. A campanha se estende até o dia 22 de junho  e tem como foco a captação de doadores, antes da realização do 53º Festival Folclórico de Parintins, que acontecerá de 29 de junho a 1º de julho.

Em Manaus, pacientes do Hemoam são beneficiados pelas doações de sangue dos mais de 500 mil doadores aptos cadastrados na instituição. Um desses beneficiados é o estudante Lucas Felipe Alencar, de apenas oito anos de idade. Lucas faz tratamento para leucemia, no Hemoam, há quatro anos. Atualmente, internado na instituição após uma recaída, a visita mudou a rotina da criança que ficou animada ao se encontrar com os bumbás de Parintins. "Eu fiquei muito alegre, quando soube que estavam vindo. Achei muito legal", disse entusiasmado. Por ano, a instituição realiza cerca de 140 mil transfusões de sangue.

A universitária Poliana Alencar, mãe do pequeno Lucas, disse que ele até comeu mais rápido para esperar os bois. Poliana reconhece a importância do doador de sangue para o tratamento do seu filho e também de outros pacientes. "O ato de doar sangue é algo sobrenatural, é salvar uma vida. Não só a dele, mas vários outros beneficiados. Não tem explicação. Quando eles tomam aquelas bolsas de sangue é como se renovassem, você vê a transformação", disse a mãe de Lucas.

A chefe do Ciclo do Sangue do Hemoam, Socorro Viga, ressalta que em uma doação apenas, quatro vidas podem ser salvas. "Uma bolsa de sangue é dividida em quatro produtos: concentrado de hemácias, plasma, plaquetas e crioprecipitado. Convido todas as pessoas com boa saúde e acima de 50 quilos que venham ao Hemoam, trazendo documento oficial para doar sangue", ressaltou Socorro.

Promovido pela Organização Mundial de Saúde (OMS), o Dia Mundial do Doador de Sangue, 14 de junho, em 2018, tem como tema `Seja Solidário. Doe Sangue. Compartilhe a Vida". A OMS destaca que o ato de doar sangue promove valores fundamentais, como altruísmo, respeito, empatia e generosidade.

Pontos de coleta - As coletas de sangue são realizadas no Hemoam, localizado na avenida Constantino Nery, 4.397, Chapada, das 7h às 18h, de segunda a sábado. Ainda em Manaus, a Maternidade Ana Braga também é um ponto de captação de sangue da fundação, das 8h às 13h, de segunda a sexta-feira.

Parintins – Em Parintins, a coleta é realizada no Banco de Sangue do Hemoam Dr. Amilcar Monte Rey, localizado na rua Pedro Ferreira Gonçalves, nº 1.771, conjunto Macurany. O objetivo da campanha é atingir a meta de 100 bolsas para o 53º Festival Folclórico de Parintins, embora a captação na cidade seja permanente. O horário de funcionamento do banco de sangue é das 8h às 17h.

Nas melhoras baladas