FOLHA DE PARINTINS Jornalismo Livre, Presente e Atuante

foradailha
08/11/2018 às 18:00 h

Boi-Bumbá é Patrimônio Cultural do Brasil

Decisão ocorreu durante a 91ª Reunião do Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural, do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), que acontece no Museu Histórico do Pará, em Belém


O Boi-bumbá de Parintins tornou-se Patrimônio Cultural brasileiro nesta quinta-feira, 08 de novembro. A decisão foi unânime durante a 91ª Reunião do Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural, do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), que acontece no  Museu Histórico do Pará, em Belém.

Representantes de Parintins que acompanharam o processo aguardavam ansiosos pelo reconhecimento do registro, neste primeiro dia de encontro. O prefeito Bi Garcia avalia como positivo o reconhecimento e disse que o município tem mais um motivo para comemorar.

"É gratificante para nós o reconhecimento dos Bois Garantido e Caprichoso como Patrimônio Cultural do Brasil. Mais de 100 anos de história e esse registro mostra a importância desse grandioso evento, além de homenagear os artistas e o povo parintinense que faz a festa acontecer. Com isso teremos mais incentivo ao turismo, mais oportunidade na geração de emprego e investimentos em nossa cidade”, pontuou Bi Garcia.

O Complexo Cultural do Boi Bumbá do Médio Amazonas e Parintins é uma manifestação cultural de caráter festivo, que tem a figura do Boi como seu elemento principal e envolve uma série de danças, músicas, drama e enredo.

O Conselho que avaliou o processo de registro é formado por especialistas de diversas áreas, como cultura, turismo, antropologia, arquitetura e urbanismo, sociologia, história e arqueologia. Ao todo, são 22 conselheiros, que representam o Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB), a Associação Brasileira de Antropologia (ABA), o Conselho Internacional de Monumentos e Sítios (Icomos), a Sociedade de Arqueologia Brasileira (SAB), o Ministério da Educação, o Ministério do Turismo, o Instituto Brasileiro dos Museus (Ibram), o Ministério do Meio Ambiente, Ministérios das Cidades, e mais 13 representantes da sociedade civil, com especial conhecimento nos campos de atuação do Iphan.

Momento no qual o Conselho Consultivo vota pelo registro de Patrimônio Cultural Brasileiro ao Boi-Bumbá. Assista:

Nas melhoras baladas