FOLHA DE PARINTINS Jornalismo Livre, Presente e Atuante

foradailha
01/03/2019 às 16:57 h

Ipaam combate crimes ambientais com operação


OInstituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) realizou operação decombate a crimes ambientais em 12 ramais dos municípios de Rio Preto da Eva e Itacoatiara. A ação foi comandada pela Gerência de Fiscalização (GEFA) e foi baseada em denúncias feitas pelos moradores locais.

 

Durante a operação foram aplicadas multas, totalizando o valor de R$ 22,5 mil. Além disso, foram apreendidos 45 metros cúbicos de lenha e um caminhão tipo basculante que transportava a lenha sem o Documento de Origem Florestal (DOF), segundo informou o gerente da Gerência de Fiscalização do Ipaam, Hermógenes Rabelo.

 

“Já estávamos acumulando as denúncias que chegam por telefone, e-mail e que, parte delas, também foram protocoladas aqui no Ipaam. Reunimos todas e partimos para averiguá-las e infelizmente parte delas foi comprovada. Identificamos os responsáveis, notificamos e aplicamos multas. Agora estamos aguardando análises dos atos administrativos impostos pela nossa diretoria jurídica para demais providências”, explicou Hermógenes.

 

Do total de multas, R$ 16,5 mil foram aplicadas para uma empresa de agroindústria do Rio Preta da Eva, por receber e manter lenha em seu depósito sem o Documento de Origem Florestal. “O proprietário da empresa, que trabalha com fabricação de ração balanceada, foi multado porque não conseguiu apresentar os documentos que o autorizava a ter essa lenha dentro de sua propriedade”, completou o gerente da GEFA.

 

Fiscalizações – O presidente do Ipaam, Juliano Valente, afirmou que a programação de operação de combate aos crimes ambientais está em andamento em todo Estado. “Pedimos a colaboração da população. Seja por nossas redes sociais, telefone ou até mesmo protocolando em nossa sede, as denúncias serão apuradas”. 

 

Os números de telefone para denuncia são: 2123-6715 / 2123-6729 / 98455-7379.

 

Nas melhoras baladas