FOLHA DE PARINTINS Jornalismo Livre, Presente e Atuante

nailha
18/03/2019 às 13:58 h

Bolsonaro barra universidade em Parintins


O presidente Jair Bolsonaro (PSL) mandou retirar o processo de tramitação, no Congresso Nacional, de criação das Universidade Federal do Médio e Baixo Amazonas, a Universidade Federal do Médio e Alto Solimões e novos institutos federais. A confirmação veio através da mensagem presidencial nº 84, publicada nesta segunda-feira, 18 de março, no Diário Oficial da União, na qual o Governo Federal solicita a retirada de tramitação do projeto do Congresso.

O prefeito de Parintins, Bi Garcia, diz que está surpreso com a decisão do Governo Federal e que a mesma é equivocada, ao alegar que a criação de novas universidades geraria despesas para o cofres públicos.

“Não é verdade que a criação da Universidade do Médio e Baixo Amazonas cria mais despesas para o Governo. Está bem claro no texto do projeto que os recursos não oneram em nada o Governo Federal. Os recursos são provenientes do orçamento já estabelecido e repassado pela UFAM para os campus de Parintins e Itacoatiara. Ao criar a Universidade Federal do Médio e Baixo Amazonas, a UFAM apenas vai retirar do seu orçamento o que já gastava todos os anos nesses dois campus”, disse Bi Garcia.

Para o prefeito, a não criação da Universidade Federal do Médio e Alto Solimões será um duro golpe para o interior do Amazonas e garante que vai debater com deputados federais e senadores do Amazonas a fim de convencer o Governo Federal a não retirar de tramitação o projeto.

“São 110 anos que nós estamos com uma única universidade federal no Estado do Amazonas que é a UFAM. O Pará tem quatro universidades federais, sendo duas no interior e duas na capital. Nós vamos lutar para que a gente possa permanecer com esse projeto de lei no Congresso Nacional para no futuro conquistarmos a Universidade Federal do Médio e Baixo Amazonas com sede em Parintins”, conclui o prefeito.

Nas melhoras baladas