FOLHA DE PARINTINS Jornalismo Livre, Presente e Atuante

arena
20/07/2019 às 18:49 h

Manaus goleia Caxias e ascende à Série C 2020

Histórica vitória teve três expulsões, jogador hospitalizado e recorde de público na Arena da Amazônia

Fotos: Aguilar Abecassis.
Fotos: Aguilar Abecassis.

A curta existência do Manaus Futebol Clube – fundado em 2013 – escreveu neste 20 de julho um novo capítulo do futebol amazonense na história dos campeonatos nacionais. Depois de vinte, o ‘Gavião do Norte’ conquistou para o Amazonas o acesso à Série C do Campeonato Brasileiro. A última equipe a atingir o feito foi o São Raimundo, em 1999, quando subiu da serie C para a B.

O primeiro tempo foi de amplo domínio do time da casa, empurrado por 44.121 torcedores – recorde de público em jogos de time amazonense na Arena da Amazônia e, também, da Série D deste ano. Empurrado pela torcida, o Manaus criava chances, mas pecava na conclusão. Com apenas um lance de real perigo – um gol corretamente anulado –, o Caxias se fechou na defesa e apostou nos contra-ataques.


A jogada de maior preocupação ao time da casa tirou de campo o meia Diogo Dolem. Em jogada dentro da área do Caxias, o camisa 7 do Manaus sofreu uma concussão após choque com um zagueiro adversário. Substituído por Vitinho, Dolem foi encaminhado de ambulância ao hospital onde, consciente, aguardou por exames.

O empate sem gols vingou no primeiro tempo. Na etapa complementar, o nervosismo do Manaus em campo impunha grande ansiedade pela vitória aos milhares de torcedores nas arquibancadas. Com placar adverso no agregado, quando perdeu para o Caxias por 1 a 0 no Sul, coube a Rossini balançar as redes aos 26 minutos do segundo tempo, e recolocar o Manaus na disputa pelo tão sonhado acesso. O placar estava aberto: 1 a 0.

O gol desestabilizou o Caxias, que mantinha um jogo competitivo. Aos 39 minutos, Rossini marcou o segundo – dele e do Manaus – e fez a Arena da Amazônia explodir. Com a vaga na Série C de 2020 garantida, Mateus Oliveira marcou o terceiro gol aos 48 e decretou a conquista: 3 a 0.

Após o terceiro gol, o Caxias começou a catimbar o jogo. Pilhados, os times perderam jogadores expulsos por reclamação. Eduardo Diniz, do time gaúcho, Mateus Oliveira e Patrick Borges, do gavião, foram esfriar a cabeça fora de campo.


Fim de jogo e o Manaus fez história. Reverteu o placar agregado, quebrou recordes de público e ascendeu à Série C do Campeonato Brasileiro. O Gavião do Norte avança às semifinais da Série D e segue na briga pelo inédito título nacional.


Assista aos gols.

Nas melhoras baladas