FOLHA DE PARINTINS Jornalismo Livre, Presente e Atuante

foradailha
29/07/2019 às 13:17 h

Parceria entre Sema e Bombeiros forma 20 brigadistas para combate a queimadas na RDS do Rio Amapá

Formação de brigadistas - Foto: Francisca Pimentel/Sema
Formação de brigadistas - Foto: Francisca Pimentel/Sema

Mais 20 moradores de Unidades de Conservação (UCs) estaduais receberam a formação de brigadistas para combate a queimadas. A formação ocorreu na Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) do Rio Amapá, no município de Manicoré (a 332 quilômetros de Manaus), entre os dias 25 e 28 de julho.

 

As formações em UCs estaduais ocorrem por meio de parceria entre a Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema), que gerencia estas áreas protegidas, e o Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CMBAM), e fazem parte da estratégia do Comitê Estadual de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais, Controle de Queimadas e Monitoramento da Qualidade do Ar, coordenado pela Sema.

 

Bombeiros do Batalhão de Incêndio Florestal e Meio Ambiente (BIFMA) realizaram a capacitação, que formou 20 alunos de seis comunidades da reserva: Boa Esperança, Urucury, Democracia, Jatuarana, Vista Alegre e Santa Eva. Com a formação, os voluntários estão aptos a atuar no combate a focos dentro e no entorno da UC.

 

O curso abordou temas relacionados ao combate de incêndios florestais e  técnicas de primeiros socorros, desde a imobilização até o transporte de feridos utilizando recursos improvisados ou adquiridos na própria natureza. Além disso, os comunitários também receberam orientações do uso correto do GPS e da bússola. 

 

De acordo com a técnica de Conservação Ambiental da Sema, Francisca Pimentel, ter brigadistas dentro das áreas protegidas favorece o combate e o controle de queimadas nestas áreas, que possuem baixos índices de desmatamento e focos de calor.

 

“O curso possibilitará aos comunitários atuar nos possíveis focos de incêndio na RDS, além de agir na prevenção de focos de calor. É importante realizar estas formações, principalmente neste período de estiagem, quando a UC fica mais suscetível às ocorrências de queimadas”, disse.

 

Mais capacitações – Em julho, além da RDS do Rio Amapá, foram capacitados também moradores da RDS do Rio Madeira e da RDS do Igapó-Açu. Os cursos de formação de brigadistas deverão ser realizados também nas reservas Extrativista (Resex) Canutama, Floresta Estadual de Canutama, Parque Estadual Rio Negro Setor Norte, Áreas de Proteção Ambiental (APAs) Nhamundá e Guajuma, RDS Puranga Conquista e Mosaico do Apuí. Outras UCs estão recebendo também campanhas educativas, oficinas de manejo de foco, entre outras.

 

Como denunciar – Os casos de queimadas irregulares podem ser denunciados ao Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) por meio dos telefones (92) 2123-6715 e 2123-6729, das 8h às 17h, ou pelo (92) 98455-7379 (WhatsApp).

 

Além disso, elas também podem ser registradas pessoalmente na sede do Ipaam, localizado na avenida Mário Ypiranga, 3.280, Parque Dez, zona centro-sul de Manaus, ou pelo e-mail denuncia@ipaam.am.gov.br. No interior, os casos podem ser denunciados às Secretarias Municipais de Meio Ambiente.

 

Em caso de emergência, o cidadão pode acionar o Corpo de Bombeiros por meio do telefone 193.

Nas melhoras baladas