FOLHA DE PARINTINS Jornalismo Livre, Presente e Atuante

nailha
05/08/2019 às 21:18 h

Curral do Caprichoso tem energia elétrica cortada

Concessionária informa débitos referentes ao serviço, confirmados pelo presidente do Caprichoso

Foto: Reprodução.
Foto: Reprodução.

O fornecimento de energia elétrica do curral Zeca Xibelão foi interrompido na noite desta segunda-feira (5). Ainda não se sabe o motivo do corte de energia, mas a notícia se espalhou como pólvora e atinge, em cheio, a atual administração do bumbá.

O presidente do Caprichoso, Babá Tupinambá, afirmou num grupo do whatsapp que escolheu deixar o curral às escuras para quitar a folha de pagamento do bumbá em 2019. “Preferi pagar os funcionários e não me arrependo”, disse. O corte do fornecimento ocorreu no mesmo horário em que um dos candidatos à presidência do boi, o advogado Jender Lobato, interagia com sócios e torcedores numa live do Facebook.

No escuro – A suspensão do fornecimento de energia elétrica aos redutos oficiais dos bumbás em Parintins não surpreende os torcedores. A situação que já atingiu o Boi Garantido em anos anteriores, tanto no ‘curralzinho’ da Baixa quanto na Cidade Garantido, mudou de lado. Dessa vez, é o Curral Zeca Xibelão que está no escuro.

Esclarecimento – Em resposta à solicitação da FOLHA, a assessoria de comunicação da Amazonas Energia esclareceu que a suspensão do fornecimento de energia elétrica ao curral do Boi Caprichoso ocorreu devido a quatro meses de débitos referentes ao serviço.

Confira a íntegra da nota:

Informamos que a suspensão do fornecimento de energia no estabelecimento da ASSOCIAÇÃO FOLCLÓRICA BOI-BUMBÁ CAPRICHOSO, ocorreu devido à débitos referentes aos meses de abril, maio e junho e julho/2019).

A Resolução 414 da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) – (art. 172), autoriza a suspensão no fornecimento de energia para todas Distribuidoras de energia do país, em caso de inadimplemento.

A Distribuidora encontra-se a disposição da agremiação folclórica para negociação do débito.

Importante salientar que o não pagamento das faturas de energia elétrica, implica em prejuízos principalmente para toda à sociedade e a Distribuidora, pois reduz a capacidade, expansão e qualidade de energia em todo o Estado.

A Amazonas Energia reitera o compromisso de atender os clientes com mais rapidez e qualidade. Juntos avançamos.

Nas melhoras baladas