FOLHA DE PARINTINS Jornalismo Livre, Presente e Atuante

foradailha
11/08/2019 às 23:04 h

Jender Lobato propõe gestão de crise no Caprichoso

Candidato falou a sócios de propostas que devem `arrumar a casa` nos primeiros noventa dias de gestão, caso seja eleito presidente do bumbá

Foto: Reprodução.
Foto: Reprodução.

Na noite deste domingo (11), o candidato à presidência do Boi Caprichoso, Jender  Lobato, esteve numa roda de toada no Bar do Lourinho, reduto azulado em Manaus, onde reuniu sócios e simpatizantes de sua campanha para pedir apoio e falar de suas propostas.
 
O candidato iniciou seu discurso agradecendo ao público presente no local e ao Movimento Marujada. “É um prazer enorme voltar aqui. A primeira vez que estive aqui foi em 2013, quando fui candidato à presidência do Boi e, naquela época, eu já falava dos problemas que o boi enfrentaria e está enfrentando agora. Por isso, não desisti do meu sonho de presidir o Boi-Bumbá Caprichoso”, disse.  

Jender manifestou bastante preocupação com ataques à sua imagem pessoal e, principalmente, do Boi Caprichoso. Justificando a união com o Babá Tupinambá, o advogado afirmou que não foi fácil adiar seu projeto. “Naquele tempo, nós tivemos a ideia de fazer uma junção da chapa e eu desisti pensando no que, talvez, não tenha sido a união mais perfeita, mas foi o que era possível naquele momento", disse Jender, enfatizando que não se arrependeu da decisão tomada.

Sobre a gestão ao lado do atual presidente, o advogado relatou que o boi passava por grandes dificuldades e que ambos trabalharam sem reclamar ou acusar ex-presidentes pelo ônus do cargo que assumiram. “Tínhamos essa opção ou desenvolver um trabalho em que a gente pudesse criar uma agenda positiva para que o nosso boi crescesse, com o festival e com a autoestima de vocês”, disse Jender.

O candidato finalizou seu discurso falando um pouco de duas propostas de sua campanha: a criação de um comitê de crise e a mudança no estatuto, incluindo a Lei de Responsabilidade Fiscal no Boi Caprichoso. Caso seja eleito, Jender quer "arrumar a casa" nos primeiros noventa dias de sua gestão. "Vamos fazer uma gestão de crise nos primeiros 90 dias do boi. Eu vou chamar todos os credores do boi, discutir cada contrato, cada débito", afirmou em tom de compromisso. "Daqui a 3 anos, não estaremos aqui discutindo as mesmas coisas, porque vou deixar amarrado no estatuto do boi a Lei de Responsabilidade Fiscal, onde o presidente que deixar débito vai ter que pagar com seu patrimônio”, finalizou.


Agenda - Nos próximos dias, Jender Lobato fará o lançamento de sua campanha ‘Mais Unidos e Mais Fortes’ em Parintins e em Manaus. Em Parintins acontecerá dia 16 de agosto, em frente ao Curral Zeca Xibelão, às 20h e, em Manaus, o lançamento de sua candidatura será dia 24 de agosto , no Atlético Rio Negro Clube.

Nas melhoras baladas