FOLHA DE PARINTINS Jornalismo Livre, Presente e Atuante

nailha
13/08/2019 às 00:43 h

Karu Carvalho estreia programa de rádio

Em primeiro programa, candidato a presidente foi da história de vida às propostas para o Caprichoso

Foto: Reprodução.
Foto: Reprodução.

O artista Karu Carvalho, candidato a presidente da Associação Cultural Boi-Bumbá Caprichoso, estreou na noite desta segunda-feira (12) programa oficial de rádio voltado à sua campanha – intitulado ‘Caprichoso Para Todos’ –, com transmissão simultânea em suas redes sociais.

Em suas primeiras palavras, Karu exaltou o Festival de Parintins e, com emoção, contou a parte de sua história de vida dedicada ao Caprichoso, como a entrada para o galpão aos 17 anos e uma passagem pelo Rio de Janeiro, onde adquiriu experiência artística por intercâmbio cultural, trabalhando com personalidades como o designer Hans Donner e o carnavalesco Joãosinho Trinta.

Rememorando sua experiência como secretário e subsecretário de cultura, com passagem pela Prefeitura de Parintins, Karu disse que o desafio é similar à gestão artística e mencionou credenciais. “Já defendi noites do Caprichoso nos festivais de 1994, 1995 e 1996, no tricampeonato, da entrada ao final da apresentação”, disse. Como artista, Karu afirma que influenciou a gestão artística no Caprichoso com as ideias trazidas do Rio de Janeiro. “Eu precisava fazer essa troca de conhecimento e, dessa visão, quero desenvolver uma boa gestão”, completou o candidato.

Karu defende a melhoria de condições para os artistas na entrega de trabalhos com qualidade – o que considerou falho especialmente neste ano, diante das dificuldades que tomou conhecimento. “Nossa gestão será voltada para o lado artístico, social e todos os segmentos”, disse, criticando suposta ausência de gestão administrativa.

O candidato defendeu a união do Caprichoso, convocando nominalmente os ex-presidentes para contribuir com sua gestão. “Vamos fazer uma gestão com todos, quero vocês do meu lado e vamos resgatar tudo que era bom no boi”. Divergência marcante na assembleia de prestação de contas, a dívida da associação não foi esquecida por Karu. “É para ser enfrentada”, finalizou.

Nas melhoras baladas