FOLHA DE PARINTINS Jornalismo Livre, Presente e Atuante

foradailha
21/08/2019 às 13:32 h

Wilson entrega armas para capital e interior

Destinado às polícias Civil e Militar do Amazonas, material foi adquirido por meio de convênios e doações - Foto: Diego Peres/Secom
Destinado às polícias Civil e Militar do Amazonas, material foi adquirido por meio de convênios e doações - Foto: Diego Peres/Secom

O governador do Amazonas, Wilson Lima, entregou, nesta quarta-feira (21/08), armas e equipamentos de segurança destinados ao fortalecimento do trabalho dos policiais civis e militares no estado. O material inclui fuzis e miras holográficas, adquiridos pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM), por meio de convênios com o Governo Federal e doações da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp). A entrega faz parte do processo de renovação do armamento das forças de segurança.

 

“Os equipamentos vão ajudar nesse trabalho de segurança, municiar a nossa polícia e dar as condições que ela precisa para estar nas ruas, combatendo a criminalidade. Quero reconhecer o empenho e a pareceria do Governo Federal em nos ajudar nessa questão da segurança pública, que é uma situação pela qual passam todos os estados, é uma situação difícil, mas que a gente tem dado a resposta e tem apresentado os números positivos que a gente tanto deseja”, destacou Wilson Lima, frisando que outra entrega, que inclui novas pistolas, deverá ser feita nos próximos meses.

 

O governador ressaltou que o sistema prisional foi beneficiado com materiais de contenção. “O objetivo é combater situações de tumulto ou de agravamento no sistema prisional. Isso faz parte da nossa política de melhoria na segurança do sistema prisional do Estado do Amazonas. Alguns desses equipamentos vão, também, para o interior. Isso faz parte desse processo de renovação desse armamento”, afirmou Wilson Lima.

 

Na entrega do material, realizada no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), zona sul de Manaus, estiveram presentes o secretário de Segurança, coronel Louismar Bonates; o comandante geral da Polícia Militar, coronel Ayrton Norte; o delegado geral da Polícia Civil, Lázaro Ramos e o secretário de Administração Penitenciária, tenente-coronel Marcos Vinícius Almeida.

 

Material – Entre os equipamentos estão 60 fuzis de calibre 5.56, que serão divididos entre a Companhia de Operações Especiais (COE), tropa especializada da Polícia Militar do Amazonas (PMAM) e Força Especial de Resgate e Assalto (Fera), da Polícia Civil do Amazonas (PCAM). A aquisição foi possível por meio de emenda parlamentar, no valor de R$ 514 mil. Doadas pela Senasp e de fabricação israelense, 39 miras de visão rápida, ou miras holográficas, foram distribuídas às polícias Civil e Militar, além do Departamento de Operações Aéreas (DIOA), da Secretaria de Segurança.

 

“Esses equipamentos são fundamentais para o bom desempenho do trabalho das polícias. Fuzis vão ser utilizados, inclusive, no interior do estado, que é um problema muito sério com a questão da pirataria. As duas polícias vão estar com armamento bem mais qualificado e nós já separamos uma parte para que, quando consigamos terminar a licitação das motocicletas, a Rocam Moto seja colocada nas ruas. Esses policiais vão estar com armamento pesado, para fazer frente à criminalidade”, enfatizou o secretário de Segurança, coronel Louismar Bonates.

 

Também foi entregue um conjunto de materiais não letais utilizados em situações de tumultos violentos, como rebeliões, doados pela Senasp, por meio da Força Nacional de Segurança Pública. São 3.681 cartuchos, 281 granadas, 97 sprays de pimenta, além de 46 escudos balísticos com visor, todos para a Polícia Militar, incluindo as Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam).

 

“Estamos recebendo equipamentos de proteção coletiva que vão aumentar a capacidade, principalmente, das nossas forças especializadas, do policiamento que está no interior, policiamento fluvial e o policiamento ambiental que está combatendo a pirataria. Se houver confronto, nós vamos estar à frente para deixar o cidadão de bem sempre protegido, com a segurança de qualidade que ele merece”, pontuou o coronel Ayrton Norte, comandante geral da Polícia Militar do Amazonas.

 

“Esse armamento vem reforçar as operações que a Polícia Civil desempenha, tanto na capital quanto no interior. Isso é muito importante porque vai aumentar a nossa capacidade de combater o tráfico de drogas, que ocorre sempre nos rios da nossa região”, considerou Lázaro Ramos, delegado geral da Polícia Civil.

 

Sistema prisional – A Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) recebeu 582 cartuchos, 51 granadas, 16 sprays de pimenta e dez escudos balísticos, destinados às tropas que atuam na segurança dos presídios do Estado. “Ainda no início desse ano foi criado o Grupo de Intervenção Penitenciária (GIP) e, agora, a gente reforça ainda mais a atuação desse grupo, com a utilização de escudos balísticos, de material químico, granadas de contenção. Isso vai ser fundamental para que a gente possa trabalhar com mais eficiência”, afirmou o tenente-coronel Marcos Vinícius Almeida, titular da Seap.

 

Investimento e resultados – A Secretaria de Segurança segue com o plano de investimentos de mais de R$ 6 milhões para aquisição de fuzis, miras, rádios transmissores e lanchas blindadas para reforçar o combate aos crimes, especialmente ao narcotráfico.

 

Nos primeiros sete meses de 2019, os indicadores de criminalidade tiveram redução significativa, como a queda de 18% no número de homicídios, 36% no número de latrocínios, 41% no número de roubos a ônibus, entre outros.

Nas melhoras baladas