FOLHA DE PARINTINS Jornalismo Livre, Presente e Atuante

foradailha
28/08/2019 às 16:51 h

Parceria entre Sejel e Ufam beneficiará acadêmicos

Sejel e Ufam firmam acordo de cooperação para atuação de acadêmicos em espaços administrados pela secretaria

Fotos: Mauro Neto/Sejel.
Fotos: Mauro Neto/Sejel.

A Secretaria de Estado de Juventude, Esportes e Lazer (Sejel) firmou um acordo de cooperação com a Universidade Federal do Amazonas (Ufam), por meio da Faculdade de Educação Física e Fisioterapia (FEFF), para a realização de estágio obrigatório dos acadêmicos nos espaços administrados pela Sejel. O convênio, assinado na segunda-feira (26/08), tem como objetivo possibilitar aos acadêmicos experiências práticas na área de formação e permitir que a secretaria também conte com o apoio dos futuros profissionais na execução das atividades que oferece.

Inicialmente, atuarão no acordo os alunos do curso de Educação Física. Os alunos de Bacharelado em Treinamento Esportivo irão atuar diretamente no Centro de Treinamento de Alto Rendimento do Amazonas (Ctara), enquanto os de Licenciatura darão suporte ao trabalho desenvolvido nas Escolinhas da Sejel.

De acordo com o secretário de Estado de Esportes, Caio André de Oliveira, a parceria só tem a somar para as duas instituições. “O acordo firmado entre Sejel e Ufam será para beneficiar não apenas os alunos, mas o esporte em geral. Por meio dessa experiência prática, esses acadêmicos poderão desenvolver suas habilidades, auxiliar nas atividades esportivas promovidas pela secretaria e, com certeza, atuar como profissionais de excelência depois de formados”, destacou.

Troca – Para o coordenador do Ctara, Tadeu Picanço, essa iniciativa renderá excelentes frutos, principalmente para os atletas de alto rendimento, uma vez que, por meio da troca de conhecimento técnico científico, será possível contar com a tecnologia disponível na Ufam, permitindo que professores e treinadores do centro façam avaliações do desenvolvimento e desempenho dos atletas, detectando parâmetros que permitam a evolução nos treinamentos e resultados.

“Este é um trabalho científico e que vai beneficiar todos os envolvidos. Será por meio desta tecnologia que poderemos descobrir o que de fato é apresentado como fator limitante para a evolução do atleta e poderemos transpor esses obstáculos, garantindo um maior rendimento e evolução deste desportista”, explicou.


A coordenadora de Acordos e Cooperação da Ufam, Marcilene Sena, falou das vantagens da parceria para a instituição federal. “A Ufam tem os alunos que precisam de espaços comuns para desenvolver, na prática, os conhecimentos adquiridos ao longo do curso. Essa parceria com a Sejel será fundamental para que isso possa ser aprimorado. Seria uma espécie de pesquisa prática dos alunos na secretaria”, comentou.

Nas melhoras baladas