FOLHA DE PARINTINS Jornalismo Livre, Presente e Atuante

foradailha
02/09/2019 às 20:11 h

Boi Corre Campo é tetracampeão do Festival do AM

Foto: Reprodução.
Foto: Reprodução.

Os vencedores das modalidades do 63º Festival Folclórico do Amazonas – Categoria Ouro foram revelados nesse domingo (1º/9), após apuração no Centro de Convenções Professor Gilberto Mestrinho – Sambódromo de Manaus. O evento promovido pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (SEC), foi encerrado no sábado (31/08) e teve mais de 70 apresentações.

A mesa apuradora foi formada pela representante da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Karina Moreno; Rogério Oliveira, diretor de Eventos da SEC; e pela secretária executiva da pasta, Sigrid Cetraro. “Quero parabenizar a todos os grupos que trabalharam com dedicação para que tivéssemos um belíssimo festival. Também quero agradecer a todas as secretarias e órgãos parceiros que tornaram o evento possível”, declarou Sigrid.

O Boi-Bumbá Corre Campo venceu mais uma vez na modalidade Boi-Bumbá Master A. O `gigante sagrado` se tornou tetracampeão ao obter 320 pontos, segundo apuração das notas dos jurados. Em segundo lugar ficou o Boi-Bumbá Garanhão, com 319,5 pontos. Com 310,8 pontos, o Boi-Bumbá Galante ficou em terceiro lugar.

O presidente do Corre Campo, Alvacir Siqueira da Silva, celebrou o 44º título do bumbá, vencedor na categoria Master A. “O Corre Campo não brinca de Festival, ele foi feito para vencer e, pelo trabalho mostrado e pelo apoio que recebemos do público, já saímos da apresentação, no dia 24 de agosto, confiantes no tetracampeonato. Vamos comemorar e já começar o projeto do penta”.

Na modalidade Boi-Bumbá Master B, o Brilhante é o campeão. O bumbá obteve 318,5 pontos e superou o Carinhoso - 316 pontos. O Boi-Bumbá Evolução Nativa Tribal não se apresentou.

O presidente do Bumbá Brilhante, Vilson Santos Costa, comemorou a vitória que levou o grupo para a categoria Master A. “Esse troféu representa um reconhecimento para toda a nossa comunidade, que está sempre disposta a trabalhar pelo nosso boi, vencendo todas as dificuldades”, declarou.

Campeões - Além do Boi-Bumbá Corre Campo (Boi-Bumbá Master A) e Boi-Bumbá Brilhante (Boi-Bumbá Master B), os campeões do 63º Festival Folclórico do Amazonas foram:  Boi-Bumbá Clamor de um Povo (Boi-Bumbá Regional); Boi-Bumbá Tira Prosa (Boi-Bumbá Tradicional); Garrote Brilho do Campo (Garrote Tradicional); Garrote Estrelinha (Garrote Regional); Show Funk na Roça (Dança Alternativa); Lendas e Povos da Amazônia (Dança Regional); Caxemira (Dança Internacional); Justiceiros do Sertão (Dança Nordestina); Café XV de Outubro (Dança Nacional); Folia e Fuleragem (Quadrilha Cômica); Em Busca de Paz (Quadrilha de Duelo); Caipira na Roça (Quadrilha Tradicional); Da Visconde (Ciranda); Maués (Tribos) e Waimiri Atroari (Cacetinho).

Acesso e descenso – Como estipulado pelo regulamento do Festival, o Galante de Manaus, que ficou em último lugar na modalidade Boi-Bumbá Master A, desce para a Master B em 2020. Campeão da Master B, o Brilhante disputará a Master A no ano que vem.

Na categoria Master B, o Boi-Bumbá Evolução Nativa Tribal não se apresentou, infringindo a letra A do artigo 24 do regulamento. Por esse motivo, foi punido com a exclusão da categoria Ouro. Já o campeão do Boi-Bumbá Regional, o grupo Clamor de um Povo, sobe para o Master B.

O regulamento do 63º Festival Folclórico do Amazonas estabelece, ainda, que os três últimos colocados das modalidades Dança Nordestina, Ciranda e Quadrilha Tradicional descem para a Categoria Prata.

O último colocado das seguintes modalidades também desce para a categoria Prata em 2020: Boi-Bumbá Regional, Boi-Bumbá Tradicional, Cacetinho, Dança Alternativa, Dança Nacional, Dança Regional, Dança Internacional, Garrote Regional, Garrote Tradicional, Quadrilha Cômica, Quadrilha de Duelo e Tribos.

Confira todos os resultados:

Boi-Bumbá Master A 

1º Boi-Bumbá Corre Campo – 320 pts
2º Boi-Bumbá Garanhão – 319,5 pts
3º Boi-Bumbá Galante – 310,8 pts

Boi-Bumbá Master B

1º  Boi-Bumbá Brilhante – 318,5 pts
2º  Boi-Bumbá Carinhoso – 315 pts
3º  Boi-Bumbá Nativa Tribal – 0 pts (não se apresentou)

Boi-Bumbá Regional 

1º Clamor de um Povo – 749,4 pts

Boi-Bumbá Tradicional 

1º Tira Prosa – 436,7  pts

Garrote Tradicional 

1º Garrote Brilho do Campo – 487,5 pts

Garrote Regional

1º Garrote Estrelinha – 645,5 pts

Dança Alternativa

Show Funk na Roça – 449,6 pts (campeão por critério de desempate)
Furacão Mistura de Ritmos – 449,6 pts

Dança Regional

1° Lendas e Povos da Amazônia – 349,3 pts
2° Do Curió – 346 pts

Quadrilha Cômica 

1º Folia e Fuleragem – 449,8 pts
2º Pedro e Pedrita 448,5 pts
3º João e Maria 447,9 pts

Quadrilha de Duelo

1º Em Busca da Paz – 499,9 pts
2º Mosketeiros na Roça – 496,6 pts
3º Pistoleiros na Roça – 496 pts

Dança Internacional

1º Caxemira – 400 pts
2º  Al-Karak – 399,8 pts
3º Cia. Art. Caracalla – 399,5 pts
4º Odalyk - 399,4 pts

Tribos

1º Maués – 448,1 pts
2º Manaú – 447,8 pts
3º Cuxi Miraiba – 447,3 pts
4º Kayapós -  446,2 pts
5º Barés – 429,2 pts

Cacetinho

1º Waimiri Atroari – 449,9 pts

2º Pidá Djapá – 448,6 pts
3º Baniwa – 447,2 pts
4º Manaú – 444,8 pts
5º Manaós – 441,3 pts

Dança Nacional

1º Café XV de Outubro – 500 pts
2º Xote Noda de Caju – 499,9 pts
3º Café do Ajuricaba – 499,9 pts (desempate)
4º Candomblé Afro – 499,6 pts
5º Gaúcha Rancho Manauara – 499,5 pts
6º Café Redenção – 498,5 pts

Dança Nordestina

1º Justiceiros do Sertão - 450 pts
2º Cabras de Lampião – 449,8 pts
3º Cangaceiros do Valle Perdido – 449,8 pts (desempate)
4º Cabras do Capitão Silvino – 449,3 pts
5º Descendentes de Lampião – 449,1 pts
6º Nordeste Sangrento – 448,3 pts
7º Cangaceiros de Aparício -  447,6 pts
8º Cangaceiros de Lampião – 444,4 pts
9º Cabras do Capitão Cabeleira- 444,3 pts

Quadrilha Tradicional

1º Caipira na Roça – 450 pts
2º Marupiaras do Amazonas – 449,9 pts
3º Brotinhos de Petrópolis – 449,8 pts
4º Olinda na Roça – 449,8 pts
5º Faz Raiva na Roça – 449,7 pts
6º JAQ na Roça – 449,6 pts
7º Revolução na Roça – 449,3 pts
8º Juventude na Roça – 449,1 pts
9º Sete Quedas na Roça – 449,1 pts
10° Caipiras da Betânia – 449 pts
11º Diva na Roça – 448,8 pts
12º Gaviões na Roça – 448,1 pts

Ciranda

1° Da Visconde – 449, 9 pts (campeão por critério de desempate)
2° Sensação da Raiz – 449, 9 pts
3° Rosas de Couro – 449,8 pts
4° Maravilha – 449,5 pts
5º Do Binha – 449,3 pts
6º Brotinhos do Coroado – 448.9 pts
7º Força Jovem – 448,8 pts
8° Explode Coração – 448,6 pts
9º Imperatriz do Norte – 448,6 pts
10º Independente do Coroado – 447,3 pts
11º Sonho de Cirandeiro – 445,8 pts
12º Tradição da Ciranda – 443,5 pts
13º Emoção do Armando Mendes – 0 pts

Nas melhoras baladas