FOLHA DE PARINTINS Jornalismo Livre, Presente e Atuante

nailha
09/09/2019 às 23:26 h

OAB ajuíza União por fechamento do Ibama em Parintins

Ação Civil Pública pede não fechamento do Ibama Parintins

Foto: Reprodução.
Foto: Reprodução.

O primeiro ato da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) é o ajuizamento de Ação Civil Pública contra o Governo Federal pelo fechamento do escritório do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) no segundo maior município do Estado do Amazonas. A medida foi anunciada pelo presidente da OAB Amazonas, Marco Aurélio Choy, durante a inauguração da Subseção de Parintins Dr. Edson de Oliveira, no dia 04 de setembro.

A solenidade teve a presença da vice-presidente da OAB Amazonas, Grace Benayon, do deputado estadual Serafim Corrêa (PSB), de familiares do homenageado Dr. Edson de Oliveira, e outras autoridades. “Temos uma questão ambiental que envolve a Amazônia e o Amazonas. O desmantelamento do serviço público, com o fechamento do escritório do Ibama em Parintins, é algo muito ruim. A OAB Amazonas e OAB Parintins assinam uma Ação Civil Pública contra a União para pedir o não fechamento do escritório do Ibama”, explica Marco Aurélio Choy.

O presidente da OAB Parintins, Jucelino Manso, considera a Ação Civil Pública um passo ‘gigantesco’ e relevante ao município para defender a questão ambiental, cada vez mais fragilizada por decisões administrativas da União. “Já assinamos a ação contra o fechamento do Ibama em Parintins, porque é inadmissível isso. No momento em que todos nós bradamos a preservação do meio ambiente e ocorrem as queimadas, o Ibama é fechado. É lamentável que isso aconteça, mas estamos nessa luta junto com o povo de Parintins para impedir esse ato”, assegurou.

“Fechar o escritório do Ibama em Parintins é equívoco do Governo Federal, dentre muitos cometidos com relação à Amazônia. A OAB sempre foi a guardiã da cidadania. No momento em que a cidadania no Brasil corre riscos, por atitudes exacerbadas que nos ameaçam, é importante que a OAB se fortaleça exatamente, porque é o anteparo do cidadão, e os advogados possam exercitar a advocacia na defesa dos direitos em busca da Justiça”, declarou o deputado Serafim Corrêa, que também é advogado e economista.

Nas melhoras baladas